Causos de João Mota: #1 Estrada de Ajuruteua

by 22.6.14 7 comentários



Há alguns anos, Bragança teve como prefeito um cidadão chamado João Mota. Homem xucro, de formação incompleta, mas de uma lábia sem igual. Governou esta cidade por quatro anos, tempo suficiente para ser imortalizado pelo povo por causa de suas trapalhadas como figura pública. Uma dessas pérolas aconteceu na inauguração da estrada para a praia de Ajuruteua.
Era uma manhã ensolarada, o palanque estava montado no quilômetro zero da estrada, onde em instantes aconteceria a cerimônia de inauguração. Vereadores, deputados e até o governador do Estado estavam presentes com seus ternos de grife e suas gravatas empoleiradas e o povo, pouco mais de mil pessoas, se aglomerava para ouvir com atenção o discurso do prefeito e vê-lo cortar a faixa de inauguração.
João Mota, com sua calça jeans desbotada e uma camisa listrada, pegou o microfone e começou seu discurso:

— Meus povos e minhas povas, a estrada de Ajuruteua está fazida...

— Fazida, não. Feita! — corrigiu alguém do meio da multidão.

E sem se importar com a correção o prefeito continuou.

— Feita ou fazida, a palavra está dizida! Cadê a tizôra?

Dênis Girotto de Brito

Escritor

Poeta e contista, autor do livro "Os três lados da moeda: vida e morte em poesia" e colaborador em diversas antologias de contos.

7 comentários:

  1. Muito bom esses resgate histórico dessa personalidade ilustre que se imortalizou na cidade de Bragança. . Espero ler outras histórias desse cara.. muito bom Cadori. .

    ResponderExcluir
  2. Ri mto....
    Gosto de sarcasmo em textos, nos inspiram e nos trazem sorrisos....
    Parabéns, talentoso amigo....
    Bjins literários,
    Simone Guerra
    http://paracruzaroatlantico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. kkkkk muito bom, kkk realmente se esta feita o fazida o negócio e inaugurar a estrada ... parabéns boa semana a você abraços!

    ResponderExcluir
  4. Que figura, rsrs. Pelo menos não falou "tizora".
    O que importa é que a obra ficou pronta.
    Gostei.

    Sorteio do livro "Fahrenheit 451" no blog, participe: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkkkk,
    Não sou de Bragança mas saiba que políticos assim são encontrados em quase todas as cidades, pois infelizmente, eles não precisam de estudo para empossar!
    Uma lástima, estes fatos são cômicos e vexatórios!

    Beijos

    https://blogdalauana.wordpress.com

    ResponderExcluir

© 2014 O Poeta e a Madrugada Traduzido Por: Girotto Brito - Designed By Girotto Brito.