ICARUS

by 19.3.15 11 comentários



Eis que de tanto sonhar
Em voar, tornei-me pó-
eta
Criei asas
Nada-
de-
iras
Entrei para a classe seleta
Das chocadeiras
Dos ovos
De ouro

E nos des-
dobra-
mentos
— da escrita —
Choquei tesouros!

Como Ícaro,
Alço voo 
Com asas de cera

Como ver(-)me
As asas derretem
Ao tocar na fogueira.

Dênis Girotto de Brito

Escritor

Poeta e contista, autor do livro "Os três lados da moeda: vida e morte em poesia" e colaborador em diversas antologias de contos.

11 comentários:

  1. Lindo, também amo poetar usando a Mitologia Grega, isso me fascina!
    A imagem mostrando as asas de Ícaro derretendo com o Sol ficou bem sugestiva!
    Abraços e tenhas uma boa noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mitologia dá ares diferentes ao poema, né Ivone? rs
      É sempre bom receber seus comentários aqui no blog, obrigado pelas visitas e pelo carinho.
      Grande abraço! :)

      Excluir
  2. E ao infinito dom de asas a quem ler essas maravilhas ^^

    ResponderExcluir
  3. Curiosa e inteligente sua forma de fazer poesia, Dênis!
    E, logo hoje, que se comemora o Dia Mundial da Poesia, você deu um excelente e diferente contributo.
    Seu poema é universal e espacial, porque sonhar e o voar, sempre foram desejos máximos do ser humano. Gostei muito de te ler.

    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, CÉU, pela visita e pelo gentil elogio.
      Fico feliz que aprecie o que escrevo.
      Bom fim de semana para você também.

      Abraços! =)

      Excluir
  4. "O Poeta e a Madrugada", lindo e sugestivo título você deu a seu blog.
    É de madrugada, que os poetas sonham, e depois voam com as palavras, pra chegar a todo o lugar com canto e encanto.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como trabalho o dia inteiro, é na madrugada que geralmente escrevo.
      Sonho acordado e transcrevo tudo em versos. :)

      Excluir
  5. BRAVO!!!!!
    Que construção linda,
    amo poesias assim...
    você escreve muito bem,amigo poeta!
    bjus e lindo fds!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Elyane.
      Também amo seus textos.
      São fascinantes!

      Bjão!

      Excluir
  6. Realmente precioso o dom de escrever e valem mais que ouro poder apreciar belos versos.
    Adorei a estrutura.
    beijos.

    ResponderExcluir

© 2014 O Poeta e a Madrugada Traduzido Por: Girotto Brito - Designed By Girotto Brito.