O TROVADOR SOLITÁRIO

by 27.5.11 0 comentários

Não mais estou sozinho
Tenho comigo meus versos, refrões e melodias
A letra, o canto
Sonora poesia

Nem tampouco me lastimo das voltas que o ponteiro deu
Nas equações do tempo
Do espaço e da vida
Do meu próprio sofrimento

Pois o cálice está perdido
Por gerações e gerações
E quando o encontrar terei sabido
Que a mim pertence
O cálice das frustrações.

{Girotto Brito} 
Bragança, Pará, 25 de junho de 2011.

Dênis Girotto de Brito

Escritor

Poeta e contista, autor do livro "Os três lados da moeda: vida e morte em poesia" e colaborador em diversas antologias de contos.

0 comentários:

Postar um comentário

© 2014 O Poeta e a Madrugada Traduzido Por: Girotto Brito - Designed By Girotto Brito.