A DOR DA PARTIDA

by 29.5.14 4 comentários



Querida, querida
A dor da partida
Perfura a ferida
Por tanto temida
Saudade doída
Cabeça erguida
Mente distraída
A alma traída
No peito a ferida
Que faço da vida
Querida, querida?





Dênis Girotto de Brito

Escritor

Poeta e contista, autor do livro "Os três lados da moeda: vida e morte em poesia" e colaborador em diversas antologias de contos.

4 comentários:

  1. A tortura começa na dúvida entre ficar ou voltar.

    ResponderExcluir
  2. O pior sentimento é saber que foi traído..
    Depois a despedida seguida de saudades..
    Então na dúvida, vale a pena analisar, pois todos merecem uma segunda chance..
    Parabéns, querido poeta maravilhoso seuppoema!

    ResponderExcluir
  3. A poesia é de uma beleza proporcional à sua simplicidade. Perfeito!
    Adorei seu blog: Moderno, com um ótimo conteúdo e acessível a vários públicos.
    Sucesso para você!

    Felipe A. S. Gurjão

    ResponderExcluir
  4. Querida ferida,
    Cabeça doída
    Mente erguida
    Alma distraída
    Saudade traída
    Vida querida

    ResponderExcluir

© 2014 O Poeta e a Madrugada Traduzido Por: Girotto Brito - Designed By Girotto Brito.