FOGO

by 25.5.14 6 comentários


   Fogo é estado de mudança
   Que torna da matéria, cinzas
   Para que brote dali esperança
   Que aquece o coração apaixonado
   E põe fim a qualquer intolerância
   Que incendeia a alma enraivecida
   Ou queima a raiva da lembrança
   Que forja as espadas da guerra
   E move os passos da dança
   Fogo é sentimento
   Amor, saudade, paixão
   Mas lamento
   Que também seja a destruição
   É o fim
   O recomeço
   A salvação.



Dênis Girotto de Brito

Escritor

Poeta e contista, autor do livro "Os três lados da moeda: vida e morte em poesia" e colaborador em diversas antologias de contos.

6 comentários:

  1. Divinamente lindo, Dênis!
    Parabéns pelo espetacular poema!

    ResponderExcluir
  2. Ótima poesia!
    Fogo e seus sentimentos antagônicos

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Várias perspectivas acerca do fogo... interessante! Boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado a todos pela participação e também pelos elogios. Fico feliz que tenham gostado.
    Abraços do Girotto!

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia,amigo poeta!!!!
    Fogo é inicio e fim....
    Realmente fogo pode e deve ser o amor,
    sempre em chamas
    nos encantando e nos enlouquecendo de dor e de prazer!!!!!
    bjus ,querido!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir

© 2014 O Poeta e a Madrugada Traduzido Por: Girotto Brito - Designed By Girotto Brito.